Fractal Funchal Fest (2019)

Em Julho de 2019, fomos convidados a participar no FRACTAL FUNCHAL FEST, com a curadoria de uma exibição cinematográfica.

Aceitando com muito gosto o desafio deste ambicioso projecto, quisemos que a nossa sessão não só se adaptasse ao espaço (sessão ao ar livre), mas que simultaneamente se integrasse na estética e conceito do FRACTAL FUNCHAL FEST.

Procuramos então uma obra cinematográfica que fosse uma estreia absoluta na RAM e que proporcionasse uma experiência marcante neste sessão de cinema ao ar livre.

A obra escolhida seria 24 Frames, o último filme do iraniano Abbas Kiarostami, um dos maiores nomes do cinema contemporâneo mundial. Este delicado e misterioso narrador da natureza e relações humanas, foi o expoente máximo da surpreendente New Wave Iraniana (talvez a mais surpreendente de todas as New Waves, por ter emergido sob um regime autoritário e fortemente religioso após a Revolução Iraniana de 1979) tendo conseguido contornar a censura, aceitando os termos da mesma, mas impregnando na sua obra inúmeros significados implícitos.

Xan Brooks, crítico do The Guardian, escreveu que assistir a este filme seria uma experiência semelhante a “abrir uma série de matrioscas ou folhear um livro de sonhos”. Não só concordamos, como achamos que que a cidade do Funchal será o palco ideal para esta belíssima despedida e homenagem a Abbas Kiarostami.